quinta-feira, 12 de abril de 2012

Já tivemos prefeitos médicos por demais?



Todo dia acompanho o twitter dos pré-candidatos a prefeito de Juazeiro do Norte. É recorrente o aviso de atendimento por parte de alguns que são médicos. "Estou atendendo na casa de Fulano de Tal" ou "Realizei atendimento no posto de saúde de tal bairro", e por aí vai...

Ou seja, é a política realizada na base do assistencialismo barato, tentando enganar a população carente, que vai atrás de uma solução para um problema imediato. No entanto, políticas públicas reais, como o saneamento básico, eles não realizam.

Quantos médicos já ocuparam ultimamente a cadeira do Pe. Cícero, nosso primeiro prefeito? Vários, não foram? Então por que Juazeiro do Norte coleciona tantos resultados ruins na saúde? A cidade não tem saneamento, é campeã de dengue, possui um dos os piores indicadores de satisfação dos usuários do país inteiro, dentre tantos fatores indigestos.

O jornalista Jota Alcides, em seu site Juanorte, sugeriu que o próximo prefeito fosse alguém formado em administração, com experiência em grandes empresas. Ele tem razão. Juazeiro precisa de uma mudança de paradigma, um choque de gestão. A política por aqui é altamente viciada em velhas práticas. Por isso que todas as gestões têm sido um fracasso, e até hoje nenhum prefeito foi reeleito.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Nada contra os médicos, mas os que estam aí como políticos se aproveitam e confundem as coisas.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Veja aqui algum assunto de seu interesse

Se não encontrou seu assunto acima, digite abaixo e clique em pesquisar

Postagens mais acessadas do mês